Voltar ao site

COLUNA DO FABRÍCIO LEOMAR: Sigamos!

Texto 4

 

O último texto, mas não o último ato. Quando me foi anunciado que a rede Professores transformadores iria dar uma pausa nas suas ações, uma reflexão sobre o tempo inundou o meu corpo. A transição do período medieval para o período moderno traz, para a vida humana, o cálculo das coisas, alicerçado em um modo de compreender a vida por valores quantitativos e não mais qualitativos. Tudo o que era possível calcular entrava nessa lógica. O tempo, por exemplo, com a invenção do relógio, ganha um caráter mecânico e não mais sublime. O tempo kairós, daquele existencializado na cultura, na história, ou seja, naquilo que vive o ser, dá lugar ao tempo cronológico, medido e quantificado. Nasce a expressão tempo é ouro e a ideia de uma realização do ser vivo numa vida futura, de uma vida que teremos melhor do que essa que vivemos no presente.   

Há exatamente dois anos, em julho de 2019, eu conheci a rede por intermédio da professora e hoje amiga Priscila Machado. Naquele ano, éramos desconhecidos, e, com mais 98 docentes das cinco regiões do Brasil, desembarcávamos no Canadá para um intercâmbio de dois meses. Para além do aprendizado de uma nova cultura educacional, o que marcou nesse período foi o revelar de tantas ações significativas e tantos projetos inspiradores que professores e professoras fazem por esse Brasil afora. Isso foi motivo de encanto também para os canadenses. Nesse entrelaçar de emoções em conhecer concretamente o que os docentes faziam nas escolas públicas brasileiras foi que a Priscila Machado me apresentou a rede Professores transformadores. De cara, o nome já me chamou atenção, pois se são professoras e professores que desejam a transformação, então são profissionais que não estão acomodados com o que incomoda, que estão em constante processo de reflexão e ação na busca por melhorias em nossa Educação. Passei a acompanhar e virei um admirador. Em 2020, uma outra amiga, Fernanda Saldanha, que também esteve neste intercâmbio no Canadá, passou a fazer parte da rede e, em 2021, fui convidado para ingressar como colunista.    

Me senti honrado e grato. Era o tempo de fazer com que minhas ideias, reflexões e sentimentos se espalhassem. Era o tempo de desengavetar e fazer transbordar meus textos. Com a rede Professores transformadores, vivi o agora, meu corpo não foi um corpo pensado, passagem. Foi um corpo presente, que se lançou ao mundo para dele sentir. Vivi momentos com a rede de um tempo que não se mede. Foram alguns meses de uma vivência marcante e significativa em minha vida, pelas pessoas que encontrei, compartilhei e aprendi. Juntas e juntos, sentimos e demos o nosso melhor, pensando em transformar o hoje, o agora. Nessas últimas e momentâneas palavras, quero agradecer à Priscila Machado por me apresentar à rede e intermediar o meu acesso à ela como colunista; à Fernanda Saldanha pelo incentivo para que eu fizesse parte dessa equipe; e, em nome dos professores e das professoras que passaram pela rede durante esses seis anos, assim como dos colaboradores e das colaboradoras, dos leitores e das leitoras, quero agradecer ao carinho e ao empenho da Elodia Lebourg que manteve essa rede viva, como uma rede que balança no fim de tarde numa varanda, ao cheiro de um café quente, contemplando o pôr do sol. A rede continuará transformando e lutando, mas agora de uma outra forma, espalhada pelas diversas varandas educacionais pelo Brasil. São nossos últimos textos, nossas últimas ações, mas não nossos últimos atos. Sigamos!    

(Eu sou o Fabrício Leomar, graduado em Licenciatura em Educação Física pela Universidade Federal do Ceará e mestre em Educação pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Sou professor em uma escola pública de tempo integral no município de Fortaleza-CE. Sou um docente com interesse pelas relações entre corpo, aprendizagem e práticas escolares inovadoras. Acredito na educação pública. Faço dos sonhos utópicos o meu caminhar.) 

Todos os Posts
×

Quase pronto…

Acabámos de lhe enviar um email. Por favor, clique no link no email para confirmar sua subscrição!

OKSubscrições powered by Strikingly